domingo, novembro 27, 2005

Desabafo!...

Hoje decidi remeter-me ao silêncio.
Fechar a minha cela a cadeado e não deixar ninguém entrar. Ninguem!
Espero que o tempo passe e subitamente reparo que não estou só. Ou estarei?!
Perco-me no espaço e lanço o meu coração contra a muralha. Tou farta de sentir...
Escondo-me onde todos me vêem, mas continuo a achar que sou invisível.
Afinal sempre gostei de passar despercebida...
Sempre quis sorrir sem ninguém reparar...
Sempre quis sofrer sem ninguém me consolar...
Mas será que consegui?!

Apetece-me, desesperadamente, respirar...

19 comentários:

antonior disse...

Bem, agora, aqui!

Sabes, há períodos na vida ( e o que passo agora, também é um deles ) em que sinto falta de dizer coisa parecida todos os dias, a todas as horas, minutos, a cada fracção de segundo! Se deres uma vista de olhos rápida, pelos meus posts todos deste mês verás que isto tem andado mais para o negro que para o claro.

Tempos, já houve, em que nestas circunstâncias, decidia ser uma rocha, fechado e hermético, mas abandonei essa postura. Não por medo ou cobardia, mas por coragem.

Tenho de continuar a lutar, a procurar. Lá porque o caminho é sinuoso e traicoeiro, e eu tenho a tendência de me encaminhar para as zonas nubladas, não faz com qua luz deixe de existir.

E há uma coisa que eu te garanto. Talvez a maior frustação da minha vida, seja até hoje, não ter encontrado o vale da luz permanente, o segredo da harmonia, que me dê tambem oportunidade de dar luz e harmonia, mas esse é o meu Santo Graal e não vou desistir até o encontrar.

Desejo-te tudo o que há de bom, e que o teu próximo post, seja em breve e mais luminoso.

Beijinhos

Miguel disse...

é difícil mas de vez em quando faz-nos bem remetermo-nos ao silêncio e escondermo-nos em nós mesmos, guardarmo-nos para nós.

beijo *

Perséfone disse...

Por vezes tornamo-nos tão bons nisso que até aos nossos olhos nos tornamos insignificantes..

beijinho grande :)*

Sara disse...

Amiga, como tu me compreendes!!! As dúvidas existênciais assombram-me e eu não sei que rumo tomar! Como vês não és a única a passar por momentos frágeis e inseguros. Procura nos ombros amigos(as) um consolo que te aqueça a alma. Beijos de uma amiga.

lua_de_inverno disse...

Há sempre alguém que nos vê sorrir quando todos os outros são cegos a isso. Há sempre alguém que nos tenta consolar, mesmo que nem nós nos apercebamos que tal acontece. E isso é bom, querida amiga, porque o ser em conjunto é a condição humana - a solidão não deve ser mais que um escape voluntário e não muito prolongado. Antes que te tornes uma pessoa triste, respira... com quantas forças tens. Deixa que a alegria entre em ti à medida que o ar fresco te regenera. Respira. Há sempre alguém a velar por ti.
Beijinhos doces*

Angelica disse...

que se passa linda!
estás a precisar é de conversar comigo que essa melancolia passa-te logo :)
agora a sério se precisares de um ombro amigo, e do resto também, DIZ que eu cá estarei...
beijo

sandra m. disse...

São fases. Todos as temos. Mas não passas assim tão despercebida como imaginas linda artista! :)

antonior disse...

Olá, amiga!

Quando rompes o silêncio?

Já tenho saudades dos teus posts e comentários.

Beijinho

sandra m. disse...

Olá... tenho saudades tuas e passei para te desejar um agradável Solstício de Inverno ;)ou... daqui a 2 dias... um FELIZ NATAL! Muita originalidade e criatividade no futuro! Ando sempre por aqui! :)

Lord of Erewhon disse...

O silêncio é que nos remete para si...

booklover disse...

"Sweet darling you worry too much, my child
See the sadness in your eyes
You are not alone in life
Although you might think that you are"

within temptation

beijinho

AcesHigh disse...

um lindo desabafo... cheio de sentimento. gostei.

um beijo

impressaodigital disse...

Outro dia li qualquer coisa como "Toda a gente quer chegar ao cume da montanha, mas não se apercebem que a subida da colina é oq ue as torna felizes!", e de facto, se pode parecer paradoxal, não o é assim tanto.
Ao te escondres dos outros, escondes-te de ti, ao não viveres com os outros, passas a viver só contigo e deixas de te surpreender. Parar para respirar faz-te apaeceber que estás viva, mas a felicidade parte da conquista pessoal de nós mesmos e dos outros...
Gostei muito da forma como partilhaste, nestas palavras, os teus setimentos.

Anónimo disse...

Great work!
[url=http://nfsaedvk.com/sxvb/ddit.html]My homepage[/url] | [url=http://mdsnxoax.com/fcom/foto.html]Cool site[/url]

Anónimo disse...

Well done!
My homepage | Please visit

Anónimo disse...

Nice site!
http://nfsaedvk.com/sxvb/ddit.html | http://bzzzujtu.com/gixk/pfyi.html

Anónimo disse...

Good design!
[url=http://clrtienc.com/istn/wsvo.html]My homepage[/url] | [url=http://fzyprnnn.com/ifya/frvn.html]Cool site[/url]

Anónimo disse...

Thank you!
My homepage | Please visit

Anónimo disse...

Well done!
http://clrtienc.com/istn/wsvo.html | http://vflgqfpp.com/iggo/dbqr.html